Funcionários da igreja Mundial, de Valdemiro, entram em greve por

Compartilhe com os amigos:

Os funcionários da Igreja Mundial, do pastor Valdemiro Santiago, decretaram greve hoje (10). Segundo os grevistas, há tempos a instituição vem descumprindo normas e direitos dos trabalhadores.

Entre outros problemas a igreja atrasa salários, atrasos na entrega do vale-alimentação e muitos funcionários apontam irregularidades e falta de depósitos no FGTS.

As queixas não são novas:

No início deste ano a coluna já havia informado que funcionários denunciaram a igreja para as autoridades por excesso de aglomeração de pessoas em local fechado.

Na ocasião, dirigentes da igreja negaram aglomeração e disseram que os cadeados eram uma necessidade.

Eles diziam que, ainda por cima, todas as janelas ficavam trancadas com cadeado (para evitar roubo, segundo a direção).

Quem está apoiando a greve é o Sindicato do Radialistas do Estado de São Paulo. Não há data marcada para o fim do movimento

Em resposta ao sindicato, a igreja de Valdemiro alegou que não tem “recursos” para fazer os pagamentos agora.

A coluna está tentando falar com dirigentes da Mundial nesta segunda (10). Se e quando conseguir, as palavras serão incluídas neste texto. Não foi divulgado o número exato de grevistas, mas é a maioria da casa.

Apenas cargos de gerente e de direção estão trabalhando no momento em que este texto é publicado. A igreja está funcionando na base de reprises.