Vídeo: motoboy conta o que realmente aconteceu ao ser humilhado por morador de condomínio. Veja

Compartilhe com os amigos:

Nesta sexta-feira (07), um vídeo viralizou nas redes sociais e causou revolta nos internautas, pois as imagens mostram um motoboy sendo humilhado por um morador de um condomínio em Valinhos, São Paulo.

Matheus Pires foi vítima do ataque racista no dia 31 de julho, mas só hoje as imagens ganharam repercussão em todo Brasil. Em uma entrevista para o portal Metrópoles, o entregador contou que o cidadão que lhe ofendeu, ainda cuspiu e sua casa. Além de ser uma humilhação, é um grande risco para a transmissão do coronavírus.

O motoboy contou que quando a confusão começou, muitos vizinhos saíram de suas casas para ver o que estava acontecendo e alguns começaram a gravar, o que deixou o sujeito que praticou as ofensas ainda mais furioso.

Ele cuspiu em mim, imitou macaco, falou que eu era macaco“, contou o rapaz durante a entrevista. Felizmente, até o momento Matheus não apresentou nenhum sintoma da Covid-19, mas o risco ainda existe.

Um vizinho que não quis se identificar, percebeu que o sujeito estava ficando muito agressivo e ficou ao lado do motoboy, avisando que iria interferir caso houvesse agressão física.

De acordo com Matheus, esta não foi a primeira vez que enfrenta uma situação como essa, apesar de trabalhar como entregador de aplicativo há apenas um mês. Essa foi a segunda entrega na residência de Prado Couto e a anterior também não foi nada agradável.

É que o entregador não estava encontrando o endereço e foi chamado de ‘burro’. Matheus disse que o sujeito vem tratando mal outros motoristas de aplicativo e o rapaz passou a contar com o apoio de milhares de pessoas, inclusive muitas celebridades.