Vídeo mostra homem com perna ‘do tamanho de um tronco de árvore’ após ser picado por mosquitos

Compartilhe com os amigos:

Um homem de 27 anos, morador da Província de Kampong Chhnang, no Camboja, viralizou em todo o planeta a partir das redes sociais ao surgir com uma enorme deformação em uma de suas pernas. Segundo informações do site Viral Press, Bong Thet conviveu mais de 20 anos com a elefantíase, doença parasitária que atinge os vasos linfáticos e causa o acúmulo de líquidos e inchaços em alguns órgãos.

Um dos pontos mais críticos de todo o seu corpo é a perna esquerda, na qual o acúmulo de líquidos linfáticos é ainda maior. Juntamente com a sua família, o jovem enfrentou uma árdua batalha até que conseguisse o atendimento médico adequado para tratar o seu problema de saúde.

Os transtornos na vida do paciente tiveram início aos 6 anos de idade. Na época, Bong Thet foi picado diversas vezes por mosquitos que estavam infectados. Como resultado, várias marcas apareceram em seu corpo, mas os pais optaram por não levá-lo ao hospital, crendo que as picadas cicatrizariam com o passar do tempo.

A situação do rapaz foi piorando, até que aos 12 anos de idade sua perna passou a apresentar um tamanho aproximadamente 5 vezes maior do que o normal. A situação era tão grave que ele já não conseguia mais se locomover. Sem dinheiro para o tratamento, a única saída foi aprender a conviver com a elefantíase.

A sua vida começou a mudar após uma reportagem viralizar, causando comoção em um casal que doou uma quantia de cerca de R$ 10 mil para que ele pudesse procurar um hospital. A elefantíase não tem cura, mas pode ser amenizada com o tratamento adequado, incluindo o uso de remédios. “Isso fará tudo ficar um pouco mais fácil para mim. Saber que existem pessoas que se importam com os problemas dos outros me deixa muito feliz”, desabafa Bong Thet.