Veja o Vídeo : Empresário se suicida na frente do governador de Sergipe e do ministro de Minas e Energia

Compartilhe com os amigos:

Um empresário se matou nesta quinta-feira (04), bem na frente do governador de Sergipe, Belivaldo Chagas e também do almirante Bento Albuquerque, que é ministro de Minas e Energia. Sadi Paulo Castiel Gitz era empresário e atuava na área de cerâmica Escurial.

O governador de Sergipe divulgou um comunicado lamentando o ocorrido e informou que o evento estaria sendo cancelado. Na solenidade seria debatido os ‘aspectos relacionados à produção e oferta de gás’ no estado, além das estratégias que o Governo Federal estaria disposto a oferecer ao setor, entre outros temas.

Um amigo do empresário que se suicidou, o advogado Paulo Roberto, usou as redes sociais para lamentar e contou que ficou sabendo de tudo através de uma mensagem enviada em seu WhatsApp. Paulo ficou sabendo que antes de sacar a arma e se matar, seu amigo levantou-se e gritou que o governador é mentiroso.

Segundo o amigo do suicida, o empresário vinha atravessando grandes problemas financeiros, mas apesar das dificuldades continuava sendo um homem de bom coração e de grande inteligencia.

Ainda aturdido, desisti de tentar entender as razões, as causas de um suicídio, principalmente num cara decente, trabalhador, boa gente. Só consigo imaginar que Sadi, num último grito de desespero, quis transformar seu gesto extremo em um protesto, num grand finale“, refletiu o advogado e amigo do homem morto.

Carlos Bolsonaro, filho do presidente, usou as redes sociais para criticar a segurança do evento e comentou: “Seria bom a segurança do presidente ficar mais atenta“.