Vacina chinesa contra coronavírus começa a ser aplicada em São Paulo nesta terça-feira (21)

Compartilhe com os amigos:

A vacina produzida pelo laboratório Sinovac já está no Brasil, as doses chegaram na madrugada de hoje ao aeroporto de Cumbica e os testes começarão em São Paulo, em profissionais de saúde que atuam no Hospital das Clínicas.

A princípio serão 890 voluntários que receberão o medicamento e passarão a ser acompanhados pelos pesquisadores, sendo que este teste é realizado em parceria com o Instituto Butantan.

O governo do estado de São Paulo chegou a anunciar que os testes começariam hoje, sendo que no Brasil serão 9 mil voluntários, sendo todos profissionais da área de saúde. João Doria acredita que em 90 dias esta terceira fase de testes com a vacina chinesa seja concluída e aí será possível ter uma boa ideia se ela realmente funciona.

Os pesquisadores do Hospital das Clínicas vão analisar os voluntários em consultas marcadas a cada duas semanas. A estimativa é concluir todo o estudo da fase três de testes da Coronavac em até 90 dias“, explicou Dimas Covas, que é presidente do Instituto Butantan.

O laboratório chinês Sinovac Biotech enviou 20 mil doses de sua vacina, o avião com o medicamento saiu de Frankfurt, na Alemanha e por volta das 4h20 da madrugada de hoje estava pousando no aeroporto de Guarulhos. Agora as doses estão aguardando liberação na alfândega.

Segundo informou o governo de São Paulo, o Instituto Butantan já deu início a uma adaptação em uma fábrica para que a mesma tenha condições de produzir esta vacina, sendo que a capacidade pode chegar a 100 milhões de doses.

O laboratório chinês já adiantou que se sua vacina for eficaz, 60 milhões de doses produzidas na China serão enviadas para o Brasil.