Sem regalias : Avó de Michelle Bolsonaro fica 2 dias em maca de corredor em hospital na periferia esperando atendimento

A avó de Michelle Bolsonaro, Maria Aparecida, de 78 anos de idade passou dois dias em uma maca no corredor de um hospital de Base, na periferia de Brasília.

A maca em que ela estava era improvisada e permaneceu no corredor Hospital Regional de Ceilândia, por dois dias, na periferia da cidade. Maria estava esperando ser atendida, junto com muitas outras pessoas no local.

Dia 8 de agosto, a avó da primeira dama, chegou ao hospital com a suspeita de ter fraturado o fêmur e ficou em uma maca improvisada até dia 10, sábado. após entrarem em contato com o governo do Distrito Federal, Maria foi transferida para um Hospital de base com melhores condições para atendê-la.

A assessoria de imprensa do Governo informou que estavam atentos do que haveria acontecido com a idosa e ela foi transferida para um outro hospital com uma estrutura melhor.

loading...

Maria informou que sofreu o acidente na quinta-feira de manhã em sua residência, na favela Sol Nascente. Ela contou que uma de suas galinhas pulou para a casa do vizinho e ela foi atrás e um cachorro pitbull avançou pra cima dela e com o susto acabou caindo pra trás.

A avó da primeira-dama disse que sua neta não sabia do acidente, pois não tinha o seu telefone para poder entrar em contato, a idosa também avisou que não tem nenhuma briga em família, mas informou que tem 5 anos que não vê a neta.