Reviravolta: homem que velou mãe sozinho foi assassinado por não dividir vaquinha de R$ 40 mil

Compartilhe com os amigos:

Nesta terça-feira, 14 de julho, o caso envolvendo José Ricardo Fernandes Ribeiro, ganhou uma reviravolta. Ele ficou conhecido em todo o Brasil por velar a mãe sozinho e dividir o seu desabafo por meio de uma rede social. De acordo com a polícia civil, José Ricardo teria sido assassinado. A motivação estaria ligada, justamente, à fama que ganhou o homem.

A polícia prendeu uma mulher e um homem que teriam participado do crime. Ambos tem 22 anos de idade. A jovem teria contratado o homem para matar José Ricardo por ele não ter dividido a vaquinha de R$ 40 mil que recebeu, após internautas se unirem. José tinha uma doença renal e o dinheiro foi arrecadado para ajudar ele no seu tratamento.

A mulher disse para a polícia que ajudou o homem a conseguir a vaquinha e o combinado era que a quantia arrecadada fosse dividida entre eles. A mulher, que não teve o nome identificado, teria então criado um perfil falso na internet para contratar o homem que tirou a vida de José.

Esse matador de aluguel teria recebido cerca de R$ 2 mil para tirar a vida do homem que velou a mãe sozinho. Mesmo matando a vítima, a mulher não teria conseguido pegar o dinheiro do morto. O caso foi confirmado pelo portal de notícias G1 nesta quarta-feira, 15 de julho, que conversou com o delegado do caso, Carlos Levergger.
Nas redes sociais, pessoas que ajudaram o homem ficaram tristes e lamentaram o episódio. “Isso é inacreditável. Muito triste tudo isso”, disse um dos internautas ao falar sobre o assunto, que causou perplexidade.