Prefeito de Florianópolis acusado de estupro assume ter traído a esposa!

Compartilhe com os amigos:

Após ter a vida exposta nas redes sociais com fotos e vídeos de um suposto estupro, o prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro, se manifestou e publicou um vídeo em seu perfil do Instagram. O prefeito diz que essa acusação é “uma avalanche de mentiras”, admitiu ter traído a esposa em 2019 e disse que a relação com Rosely Rosana Ferrari Dallabona foi consensual.

No vídeo, o prefeito e candidato à reeleição começa se mostrando surpreso com as acusações. “Hoje [quarta-feira] eu e minha família fomos surpreendidos de uma forma rasteira e violenta. Fui acusado por algo que abomino com todas as minhas forças. Nunca em toda a minha vida eu cometi um ato de violência contra quem quer que seja”, diz Gean em relação aos vídeos e fotos divulgados em massa nas redes sociais e em grupos de mensagens.

No vídeo, além de negar que tenha abusado da ex-servidora e confessado que teve um caso extraconjugal, Gean diz que esse “assunto doloroso” já teria sido resolvido em casa, dentro das quatro paredes do lar. “A poucos dias da eleição, estão tentando transformar em crime um ato consensual entre dois adultos, que aconteceu lá em 2019”, explicou o prefeito de Florianópolis.

Para Gean, essa é uma tentativa de prejudicar sua reeleição. Ele se diz vítima de uma armação suja, já que lidera a maioria das pesquisas após ter uma crescente entre a população da capital ao se destacar na luta contra a Covid-19.

O caso foi encaminhado à Procuradoria Geral de Justiça, devido à prerrogativa de foro por ser prefeito. A Polícia Civil e o Ministério Público não irão se manifestar sobre o caso.