Policial pisa no pescoço de mulher em São Paulo e imagens fortes deixam todos chocados

Compartilhe com os amigos:

Moradores da zona sul de São Paulo gravaram um vídeo mostrando que policiais usaram de violência ao chegarem em um bar. Inclusive um dos PMs chegou pisar o pescoço de uma mulher negra e depois a arrastou pelo asfalto.

As imagens foram exibidas ontem no Fantástico e causaram grande revolta nas redes sociais. A abordagem da Polícia Militar que vem causando toda esta polêmica aconteceu em Parelheiros, e tudo começou quando um homem parou o carro próximo ao bar, deixou o som do veículo em alto volume e incomodou vários vizinhos.

A mulher agredida é proprietária do bar. Ela disse que foi até lá fora par defender um amigo que estaria sendo dominado com agressão pelo policial. Ela pediu para o PM não bater no homem, pois o sujeito estava desfalecido de tanto tomar joelhadas o rosto.

Um segundo policial se aproximou dela nesse momento, empurrou a mulher em uma grade e a vítima disse que levou três socos, sendo derrubada após levar uma rasteira e com isso acabou fraturando a tíbia.

As imagens mostram a mulher deitada no chão e o PM pisando no pescoço dela. Em seguida o policial algemou a dona do bar e a arrastou até a calçada. A comerciante contou que desmaiou várias vezes e apesar dos pedidos para cessar as agressões, continuou apanhando.

Quanto mais eu me debatia, mais ele apertava a botina no meu pescoço“, disse a vítima.

João Doria fez uma postagem no Twitter condenando a atitude dos policiais e afirmou: “Os policiais militares que agrediram uma mulher em Parelheiros, na Capital de SP, já foram afastados e responderão a inquérito. As cenas exibidas no Fantástico causam repulsa. Inaceitável a conduta de violência desnecessária de alguns policiais. Não honram a qualidade da PM de SP“.