Mortadela envenenada: família inteira é intoxicada após consumir carne com cheiro de querosene

Compartilhe com os amigos:

Quatro membros de uma mesma família passaram mal neste domingo, dia 25 de outubro, com suspeitas de intoxicação. O problema teve início após todos comerem em comum a mesma mortadela que havia sido adquirida em um mercado da região onde moram, no Bairro Nova Várzea Grande, em Várzea Grande, na região metropolitana de Cuiabá, capital de Mato Grosso.

Duas crianças, com idades de dois e cinco anos, uma idosa de 81 anos e uma jovem de 28 anos compartilharam dos mesmos sintomas, incluindo náuseas e vômitos, após o consumo do embutido. De acordo com o marido da jovem contaminada, foi adquirido no mesmo estabelecimento uma carne, consumida pelas mesmas vítimas.

Segundo a testemunha, os alimentos adquiridos estavam com odor semelhante ao de solventes, como querosene. Diante das suspeitas, bem como o mal sofrido pelos seus familiares, o cliente retornou até o estabelecimento para fazer a reclamação. Ele alega que a única alternativa dada pelos comerciantes foi a devolução do dinheiro pago pelos produtos.

A família está indignada com a ocorrência, e busca Justiça para o fato. Por conta disso, foi instaurado um boletim de ocorrência por preservação de direito e ocorrências atípicas. O caso deverá ser investigado pela Polícia Civil.

Apesar das suspeitas de contaminação das carnes pelos solventes, somente exames mais concretos poderão avaliar a presença da substância. Cabe lembrar que em qualquer suspeita de carne ou outros alimentos contaminados, sobretudo a partir do odor, o consumidor deve dispensar o uso de maneira imediata.