Mãe de bebê que nasceu morta por falta de anestesia desabafa após perda: ‘saí da maternidade de braços vazios’

Compartilhe com os amigos:

Keylyzangela Nillio, moradora de São Francisco do Guaporé (RO), usou as redes sociais para fazer um comovente desabafo após perder sua bebê no Hospital Regional de Rondônia. De acordo com o site G1, durante o desabafo, a mulher afirmou que já fazia planos para comemorar o primeiro aniversário da filha, porém, o sonho foi interrompido por suposta negligência médica.

Segundo denúncia da família, a bebê morreu dentro da barriga da mãe após entrar em sofrimento por falta de anestesista para a realização da cesárea. Keylyzangela deu entrada no Hospital Regional São Francisco com 39 semanas de gestação, e os médicos perceberam uma alteração nos batimentos cardíacos da bebê.

Segundo informações do irmão da gestante, a familiar precisou aguardar a chegada de um anestesista por cerca de 10 horas. O profissional fez o procedimento no último dia 19 de agosto, porém, a criança foi retirada da barriga da mãe sem vida. Em suas redes sociais, Keylyzangela publicou uma foto ainda no hospital ao lado de sua bebê e desabafou.

Você deixou mamãe sair da maternidade com os braços vazios. Eu sabia que iria chorar quando a gente encontrasse o papai do lado de fora nos esperando, mamãe chorou porque papai estava nos esperando…e você deixou mamãe sair sozinha. E nossas fotos??? Mamãe queria reproduzir várias fotinhas com você”, relatou a mãe da bebê que se chamaria Cecília.

Através de nota, a Secretaria de Saúde responsável pela administração do Hospital São Francisco afirmou que a unidade hospitalar trabalha atualmente com um profissional anestesista terceirizado, e outro médico habilitado para tal, que se encontra afastado.