Líder da igreja que torturava pessoas , Papa Francisco critica Sérgio Moro

Compartilhe com os amigos:

Em vídeo publicado nas redes sociais, nesta quinta-feira (4), o papa Francisco ressaltou a importância da independência dos juízes.

O chefe do Vaticano disse que os magistrados devem ser “isentos de favoritismos e das pressões que possam contaminar as decisões que devem tomar”.

As imagens mostram a encenação de uma audiência em que as partes mostram diferentes imóveis: de um lado um prédio em um resort; do outro, uma casa simples. Confira o vídeo:

Vídeo incorporado

Papa Francisco

@Pontifex_pt

11,5 mil pessoas estão falando sobre isso

“Rezemos para que todos aqueles que administram a justiça operem com integridade e para que a injustiça que atravessa o mundo não tenha a última palavra”, completa o pontífice

Políticos da oposição ao governo do presidente da República, Jair Bolsonaro, estão encarando o vídeo como um posicionamento crítico do papa Francisco acerca das ações do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, durante o período em que atuou como juiz da Operação Lava Jato.