Ladrão deficiente, sem as duas mãos, consegue furtar militar do Exército no Rio de Janeiro

Compartilhe com os amigos:

Um homem com deficiência física foi preso após cometer um furto na região da praia de Copacabana, no Rio de Janeiro. A ocorrência se deu na manhã desta quinta-feira (02), e a vítima foi um militar do Exército do Brasil. As informações foram apuradas pelo jornal O Dia.

Ladrão é perseguido por policiais

As autoridades locais conseguiram capturar o autor do furto após denúncias feitas pela vítima. Ao notar a ausência de alguns dos seus pertences, prestou queixa na polícia. Os agentes da Operação Copacabana Presente alegam que foram atrás do suspeito, deficiente físico por não ter as duas mãos, o qual foi alcançado na altura da Rua Rodolfo Dantas.

O homem conseguiu levar uma considerável quantidade de itens da vítima. Com ele, os agentes localizaram uma mochila verde, contendo duas camisas, além de um aparelho celular e uma carteira, contendo uma quantia de R$ 1.180. No mesmo acessório estavam vários documentos e cartões de crédito do militar do Exército, que por sorte conseguiu recuperar.

Suspeito é levado para a delegacia

Após a captura, foi registrado um boletim de ocorrência pelas autoridades locais, formalizando o episódio. O deficiente físico foi conduzido para a 12ª Delegacia de Polícia, localizada na região de Copacabana, onde foram feitos os trabalhos de praxe.

Ao consultar a ficha criminal do suspeito, os policiais militares que atuam no projeto Copacabana Presente descobriram que ele é um velho conhecido da justiça. Além do furto, pelo qual passará a responder daqui em diante, ele também tem passagem por tráfico de drogas.