Jair Bolsonaro se manifesta sobre vídeo em que motoboy foi humilhado em SP

Compartilhe com os amigos:

O caso do entregador por aplicativo, Matheus Pires, que foi humilhado em um condomínio de classe média de Valinhos, interior de São Paulo, está repercutindo em todo o Brasil. As cenas tristes foram gravadas na quinta-feira (6) e viralizaram nesta sexta.

O rapaz de 19 anos é humilhado devido a seu trabalho e cor de pele. O homem que o humilhou, que também foi identificado como Mateus, prestou esclarecimentos na delegacia. O aplicativo de entregas de comidas iFood afirmou que o expulsou da plataforma e que prestará apoio ao motoboy.

Jair Bolsonaro lamenta episódio

Pelo Twitter, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) lamentou as agressões sofridas pelo entregador. “Independentemente das circunstâncias que levaram ao ocorrido, atitudes como esta devem ser totalmente repudiadas”, começou Bolsonaro.

Segundo o presidente, “a miscigenação é uma marca do Brasil. Ninguém é melhor do que ninguém por conta de sua cor, crença, classe social ou opção sexual”, postou. “Que a indignação dos brasileiros sirva de lição para que atos como esse não se repitam. Todos somos iguais! Embora alguns trabalhem para nos dividir, somos um só povo!”, afirmou Bolsonaro.

O presidente encerrou o post manifestando solidariedade e sucesso a Matheus e toda a sua família e desejando que Deus os abençoe. Muitos seguidores de Bolsonaro elogiaram os comentários feitos por ele. “Muito bem Presidente. Precisamos mostrar que acima de tudo somos HUMANOS. E não somos coniventes com essa segregação. Todos somos iguais”, escreveu um internautas.