Finalmente : Rachel Sheherazade está de saída do SBT, e duas emissoras rivais despertam interesse

Compartilhe com os amigos:

A jornalista Rachel Sheherazade está com o contrato junto ao SBT próximo de se encerrar. O vínculo entre as duas partes vai até o próximo mês de setembro, e ainda não há movimentações nos bastidores da emissora paulista para uma renovação. Neste clima de incertezas e indefinições quanto ao futuro da profissional da imprensa, ao menos duas emissoras concorrentes já despertam olhares de cobiça, pleiteando uma futura contratação.

Emissoras de olho em Rachel Sheherazade

De acordo com o que apurou o colunista Fefito, do UOL, a emissora de notícias CNN Brasil estaria interessada em contar com Rachel Sheherazade em sua equipe de apresentadores. A Band, emissora da TV aberta brasileira, seria outra a estar interessada na contratação da atual âncora do SBT Brasil. Em contrapartida, os diretores do SBT negam as informações.

Relação conturbada

A relação entre Rachel Sheherazade e o SBT anda bastante desgastada. Há bastante incongruência nos posicionamentos políticos da jornalista e do alto escalão da emissora paulista. Desde 2014 ela está proibida de emitir opiniões pessoais no SBT Brasil, a mando de Silvio Santos, quando um comentário em especial desagradou o patrão.

Além disso, Rachel Sheherazade também está afastada da redação do SBT Brasil, assumindo unicamente a função de apresentadora das notícias previamente escaladas.

A promessa de um programa solo de entrevistas nunca saiu do papel, e ela se tornou alvo de críticas de grandes patrocinadores do SBT, como é o caso do empresário Luciano Hang, proprietário das lojas Havan.