FIM DA GREVE DOS CORREIOS : Agora sim suas encomendas continuarão a NÃO CHEGAR!

Compartilhe com os amigos:

A greve dos Correios está próxima de ser finalizada. Nesta segunda-feira (21), o Tribunal Superior do Trabalho aprovou um reajuste de 2,6% para os funcionários da empresa. Ao que tudo indica, a retomada de todas as atividades deve ocorrer já a partir desta terça-feira (22).

A greve foi iniciada no dia 17 de agosto à nível nacional. Na votação, o TST classificou a paralisação como não abusiva, e diante disso, metade dos dias de greve será descontado, enquanto a outra metade será compensada.

Caso os funcionários não retornem às atividades como ficou estabelecido, a categoria pode ser punida com uma multa diária de R$ 100 mil.

Relatora no processo, a ministra Kátia Arruda votou contra a declaração da greve como abusiva. Se a paralisação fosse considerada abusiva, a categoria teria um desconto integral das horas não trabalhadas desde o início da greve.

Na concepção de Kátia Arruda, a greve foi a única alternativa encontrada pelos funcionários dos Correios para brigar pelos direitos que a empresa havia retirado.

“É a primeira vez que julgamos uma matéria em que uma empresa retira praticamente todos os direitos dos empregados”, afirmou Arruda.

Parada

Segundo a Federação Nacional dos Trabalhadores dos Correios, a paralisação ocorreu após os trabalhadores se depararem surpreendentemente com a revogação do atual Acordo Coletivo que estaria em vigência até o próximo anos.

No mês de agosto, o Supremo Tribunal Federal (STF) manteve a decisão de Dias Toffoli, presidente da Corte, e acabou suspendendo 70 de um total de 79 cláusulas do acordo coletivo fechado para os funcionários dos Correios.