Esquerdistas em pânico : Em meio à pandemia , aprovação de Bolsonaro sobe e reeleição fica mais evidente

Compartilhe com os amigos:

O presidente Jair Bolsonaro tem ao menos duas notícias para comemorar nesta sexta-feira (24), dia em que o instituto Paraná Pesquisas divulgou levantamento que mostra que o atual presidente lidera a corrida presidencial para 2022 e vence qualquer adversário no segundo turno.

De acordo com o levantamento feito pelo instituto Paraná Pesquisas entre os dias 18 e 21 de julho, a aprovação de Jair Bolsonaro no Nordeste saltou de 30,3% para 39,4%.
No mesmo levantamento, Bolsonaro seria reeleito em todos os cenários se as eleições fossem hoje.

Bolsonaro aparece na liderança dos três cenários do primeiro turno, mas em nenhum deles definiria a eleição nesta etapa. No cenário 1, Bolsonaro tem 29% e Sergio Moro aparece na segunda posição, com 17,1%. Fernando Haddad, do PT, aparece apenas na terceira posição, com 13,4% (veja quadro completo abaixo).

O Paraná Pesquisas divulgou seis cenários para o segundo turno. Bolsonaro vence todos os concorrentes. Contra Fernando Haddad, por exemplo, o atual presidente venceria com 46,6% dos votos contra 32% do petista. Contra o governador de São Paulo, João Doria, a vantagem seria de 51,7% contra 23%. Doria não é muito conhecido nacionalmente (veja o quadro completo abaixo).

Contra Sergio Moro, Bolsonaro ficaria com 44,7% dos votos contra 35% do seu ex-ministro de Justiça e Segurança Público. Bolsonaro também bateria Ciro Gomes (PDT), com vantagem de 48,1% ante 31,1% do ex-governador do Ceará e ex-ministro dos governos petistas.

Além da vantagem, Bolsonaro também tem outro motivo para comemorar. A avaliação positiva do governo saltou de 40% no começo do mês para 43%. A desaprovação caiu de 47% para 46%, segundo levantamento do DataPoder360. São duas grandes notícias em meio às críticas pela condução do governo durante a pandemia causada pelo novo coronavírus.