Embaixadora das Filipinas é escorraçada do Brasil após humilhar e agredir humilde empregada doméstica

Compartilhe com os amigos:

Envolvida em um escândalo com repercussão ao nível nacional, a diplomata Marichu Mauro, embaixadora das Filipinas no Brasil, foi convocada a retornar ao seu país de origem. Ela foi flagrada agredindo e humilhando a sua empregada doméstica dentro da residência oficial localizada em Brasília, no Distrito Federal.

As informações foram confirmadas na madrugada desta segunda-feira, dia 26 de outubro, poucas horas após o covarde caso ter repercutido através do Fantástico, da Rede Globo. O recado foi emitido a partir do perfil oficial no Twitter do secretário de Relações Exteriores das Filipinas, Teodoro Locsin Jr.

Segundo consta no comunicado, foi explicitado que o motivo da convocação tem relação direta com o escândalo envolvendo as agressões. “A embaixadora das Filipinas no Brasil foi chamada de volta imediatamente para explicar os maus-tratos contra sua equipe”, disse Locsin.

Fantástico, da Globo, denuncia o caso

As imagens foram veiculadas na noite deste domingo da revista eletrônica semanal da Rede Globo. A gravação consta como prova de denúncia contra a diplomata realizada no fim de agosto. Marichu Mauro é diplomata de carreira e estava lotada no Brasil desde 2018. Antes, passou pelos mesmos cargos na Bélgica e Itália.

 

Por meio de uma nota pública, o Departamento de Relações Exteriores das Filipinas (DFA, na sigla em inglês) informou que a doméstica, vítima das agressões, que possui 51 anos, também retornou para o país asiático no último dia 21 de outubro. “O DFA está entrando em contato com ela para garantir seu bem-estar e cooperação na investigação. O DFA garante ao público que conduzirá uma investigação rigorosa”, afirmou.