É o fim? Neymar é cortado da seleção, perde patrocínio e recebe terrível notícia da Najila

Compartilhe com os amigos:

Na madrugada desta quinta-feira, 5 de junho, o jogador da seleção brasileira, Neymar, acabou sendo desligado da seleção brasileira de futebol. O momento, de certa forma, pode ser visto como providencial para o atleta, já que ele terá mais tempo para responder à acusação feita pela modelo Najila Mendes, de 26 anos. A jovem acusa o atleta de estupro.

De acordo com Najila, o ato forçado teria ocorrido em um hotel da França. Curiosamente, o desligamento de Neymar da seleção ocorreu algumas horas depois da entrevista da modelo ao Roberto Cabrini, jornalista do SBT.

A modelo confirmou na entrevista uma má notícia ao atleta. Ela garante que não quer dinheiro, mas sim justiça, ou seja, que ele pague pelo que supostamente o ocorreu em Paris. No depoimento, Najila negou que tenha tentado algum acordo financeiro com seu ex-advogado. Ela também voltou a confirmar que teria sido vítima de agressão e também estupro.

O dia de Neymar: as horas que antecederam o desligamento da seleção

Mais cedo, Neymar foi recebido com festa por torcedores em Brasília. Em campo, ele foi ovacionado e até chegou a ser escolhido como o “craque do jogo”, na votação feita pela TV Globo. O atleta ficou cerca de 17 minutos em campo, antes de sofrer a lesão. O Globo Esporte confirma que o atacante está fora da Copa América.

Foram necessários menos de 10 minutos no vestiário para que um funcionário da CBF saísse em busca de uma van. Os motoristas contratados no momento, acompanhavam ao jogo diretamente das arquibancadas e precisaram descer correndo de volta para o vestiário.  No hospital, uma fratura teria sido confirmada.