Criança de apenas 8 anos morre após contrair ‘ameba comedora de cérebro’

Compartilhe com os amigos:

No último dia 8 de setembro o menino Josiah McIntyre, de 8 anos, faleceu após ser vítima da ameba Naegleria Fowleri, conhecida como “ameba comedora de cérebro”. De acordo com o site Metrópoles, a criança faleceu em Houston, nos Estados Unidos após apresentar sintomas como febre, vômito e dores de cabeça.

Josiah foi levado para um hospital do Texas, mas não resistiu às complicações causadas pela presença da ameba em seu organismo. A morte da criança chamou a atenção para medidas mais rigorosas em relação ao abastecimento de água em várias cidades dos Estados Unidos, já que a ameba se desenvolve em locais onde a rede pluvial não é tratada.

Segundo os Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos (CDC), a Naegleria Fowleri também pode ser encontrada em piscinas sem cloro e em descargas de água quente. Especialistas recomendam que moradores locais fervam a água antes do consumo.

Autoridades encontraram a presença da “ameba comedora de cérebro” em uma mangueira de água da residência onde Josiah morava. Ainda de acordo com o CDC, nos último 50 anos, cerca de 145 pessoas foram infectadas pela ameba, e apenas 4 conseguiram sobreviver devido à sua letalidade.

A Naegleria Fowleri pode ser encontrada em águas quentes e a transmissão ao ser humano pode se dar através de inalação do parasita acidentalmente através do nariz. Já no organismo, a ameba alcança o tecido cerebral iniciando um processo de destruição. A pessoa infectada apresenta sintomas como febre, dores, vomito e alucinações.