Corpo de PM é abandonado amarrado dentro de carroça na Cracolândia; 4 homens empurravam o carrinho

Compartilhe com os amigos:

As buscas por Daniel Alves Lima, de 32 anos, chegaram ao fim da pior maneira possível para os familiares. O policial militar estava desaparecido desde sexta-feira, dia 16 de outubro, e foi encontrado sem vida em uma carroça abandonada no interior da Cracolândia, em São Paulo. No local, conhecido por ser o principal ponto de tráfico e consumo de crack, o corpo da vítima estava despido e amarrado, apresentando sinais de violência.

Quatro homens empurravam a carroça no momento em que foram abordados por policiais militares, que encontraram o corpo de Daniel em seu interior. Todos foram presos em flagrante diante da suspeita de participação no assassinato. Com eles foram apreendidos pedaços de corda e uma faca.

Em depoimento, os acusados negaram envolvimento com o crime. Eles disseram que não sabiam que o corpo do policial estava dentro da carroça. Exames foram feitos no Instituto Médico Legal (IML) e os resultados irão contribuir para o andamento das investigações.

“A equipe trabalha para esclarecer o crime e apurar se há outros envolvidos. Diligências são realizadas para identificar o caminho percorrido por eles”, diz um trecho da nota enviada pela Secretaria de Segurança Pública (SSP) ao portal de notícias Metrópoles.

Os policiais acreditam que Daniel estava em um trabalho missionário antes do crime. Por ser um cristão devoto, fazia trabalhos de evangelização para pessoas em condições de rua, estando escalado para a função juntamente à comunidade que representa no dia do desaparecimento. Tudo isso deverá ser indexado às investigações.