Chuvas torrenciais, ventania e queda brusca de temperatura: novo ciclone bomba ameça o Brasil

Compartilhe com os amigos:

O Brasil deve ser atingido mais uma vez por um ciclone, de acordo com o Clima Tempo e a Marinha. O novo ciclone bomba ameaça a região Sudeste e a costa Sul do Brasil. Essa não é a primeira vez neste ano de 2020 que esse tipo de fenômeno ocorre.

De acordo com a previsão, o novo  ciclone bomba pode causar fortes rajadas de vento nas regiões que atingir, podendo chegar a velocidade de até 90km/h. Também existe a possibilidade do fenômeno provocar chuvas torrenciais e queda brusca de temperatura em algumas localidades, principalmente as que estão na faixa mais ao sul do Brasil.

ciclone deve perder força quando atingir o estado de Minas Gerais, tendo uma relevância maior na região da Zona da Mata, porém em uma proporção bem menor comparada ao restante do país, conforme explicou o especialista no assunto Heriberto dos Anjos, que é meteorologista do Clima Tempo.

“Teremos uma passagem de uma frente fria associada com um ciclone extratropical que poderemos chamar de ciclone bomba por causa da queda brusca em um período de 24 horas. Porém, esse sistema influenciará mais na costa Sul e Sudeste do Brasil “, explicou o profissional.

O meteorologista ressaltou que, no estado de Minas, a possibilidade de ocorrer chuvas por causa do fenômeno é baixa. Inclusive, a temperatura deve subir mais para os mineiros a partir da quinta-feira (17). Apesar de da expressão ter sido usada algumas vezes neste ano, muitas pessoas não sabem o que é um ciclone bomba.

O ciclone bomba é um fenômeno extratropical que está associada a frentes frias reunindo áreas de baixa pressão atmosférica. Apesar do nome, os brasileiros não precisam se assustar, pois o fenômeno é diferente daquele que ocorreu no mês de julho, deixando um rastro de destruição na região sul.