Brasil ‘cala’ Globo e até contratados do canal vão à rua defender honra de Moro

Compartilhe com os amigos:

Neste domingo, 30 de junho, milhares de pessoas foram às ruas de todo o Brasil com um propósito, defender a honra do Ministro da Justiça e Segurança Pública, o ex-juiz-federal Sérgio Moro. Nas ruas, uma máxima, a de que o ex-juiz não cometeu qualquer crime e de que a mídia, em especial à Globo (maior grupo de comunicação do país) estavam fazendo um jogo contra Sérgio Moro.

Os veículos, na verdade, repercutem os supostos vazamentos que envolvem o site Intercept, que diz que teve acesso a conversas que envolvem Sérgio Moro na época em que ele chefiava a Operação Lava Jato. Para o Intercept, as conversas mostrariam que o juiz não seria imparcial e que, por isso, o julgamento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deveria ser invalidado.

Pesa contra o Intercept, o fato do site não dar espaço à defesa dos retratados, não dar dados sobre quem teria vazado o seu conteúdo e, por algumas vezes, misturar conversas de datas diferentes, o que fez com que o vazamento fosse criticado por muitos apoiadores de Sérgio Moro e também do presidente do Brasil, Jair Bolsonaro.

O que surpreende na manifestação  desse domingo é que algumas personalidades da própria Globo se manifestaram publicamente a favor de Sérgio Moro. A mais famosa dela é a atriz Regina Duarte, que foi ao ato a favor de Moro na Avenida Paulista, em São Paulo.

“Gracias meu povo querido por comparecer apoiando a construção de um novo Brasil mais justo, menos corrupto, menos violento e mais humano! Amor acima de tudo! Pelo Amor de Deus”, escreveu a atriz em seu Instagram.

Com tanta repercussão, coube a Globo noticiar os atos a favor de Moro, Bolsonaro e da reforma da Previdência durante o Fantástico.