Avó de Michelle Bolsonaro tem quadro clínico atualizado e situação preocupa médicos

Compartilhe com os amigos:

O drama envolvendo a avó materna da primeira-dama do Brasil, Michelle Bolsonaro, segue preocupante. Diagnosticada com o coronavírus, a idosa de 80 anos permanece internada no Hospital Regional de Santa Maria, em Brasília. De acordo com informações do site Metrópoles, a senhora foi despertada nesta quinta-feira (09) pela equipe médica, que suspendeu a prescrição de medicamentos para avaliar o quadro clínico da paciente.

Por questões de conforto, os médicos resolveram entubar Maria Aparecida Ferreira Firmo no início da semana. Contudo, os médicos decidiram fazer o procedimento de suspensão dos medicamentos para diagnosticar como os órgãos vitais delas reagiriam, estes permaneceram estáveis.

A avó da primeira-dama teve um comprometimento de 78% do pulmão, fato que preocupa os médicos. Mesmo com o auxílio de aparelhos, a função pulmonar de Maria Aparecida segue baixa, com apenas 40% de oxigênio, quando o normal de saturação deve operar entre 95% e 100%.

Diante disso, o quadro de saúde da idosa continua sendo grave. Entretanto, os médicos mostram confiança principalmente pelo sistemas neurológico e cardíaco permanecerem preservados. No despertar desta quinta-feira (09), Maria Aparecida apresentou sonolência. Ainda segundo o Metrópoles, os médicos pretendem realizar este procedimento de uma forma mais intensa no próximos dias.

Michelle realiza novo teste

Após o presidente da República, Jair Bolsonaro, ter testado positivo para o novo coronavírus, Michelle Bolsonaro foi submetida a mais de um exame para a Covid-19. O resultado do teste deve ser divulgado ainda hoje.

Além da avó e do esposo, a primeira-dama ainda tem a irmã diagnosticada com a Covid-19 em sua família.