Avó de Michelle Bolsonaro tem melhora na saúde e não está mais entubada

Compartilhe com os amigos:

Internada há pouco mais de duas semanas na UTI, devido ao agravamento do quadro de Covid-19, a avó da primeira-dama Michelle Bolsonaro, Maria Aparecida Firmo Ferreira, de 80 anos, teve uma evolução no quadro de saúde, deixou a entubação e respira com ajuda de uma máscara de oxigênio.

A idosa está internada, desde o dia 1º de julho, no Hospital Regional de Santa Maria. A paciente foi encaminhada para uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) dois dias depois de dar entrada na unidade de saúde. Ela precisou ser entubada no dia 5 de julho, quando o quadro se agravou.

G1 questionou o Instituto de Gestão Estratégica de Saúde (Iges-DF), que administra o hospital público, sobre o atual estado de saúde da paciente e quando os aparelhos foram substituídos, mas não obteve retorno até a última atualização desta reportagem.

O Palácio do Planalto também não enviou um posicionamento sobre a saúde de Maria Aparecida.

Moradora de Ceilândia

A avó da primeira-dama mora no Sol Nascente. Junto com Ceilândia, a região tem o maior número de infecções pela Covid-19 da capital. De acordo com o prontuário médico, a idosa foi encontrada “por populares, na rua, caída” e levada para o Hospital Regional de Ceilândia, com falta de ar.

No hospital, Maria Aparecida disse que há 15 dias apresentava sintomas como tosse seca, febre, coriza, falta de apetite, falta de ar progressiva e dor abaixo das costelas. Devido ao quadro de saúde, ela foi transferida para o Hospital Regional de Santa Maria ainda no dia 1º de julho.