ARMADO, SECRETÁRIO DE BOLSONARO REAGE A ASSALTO E PRENDE SUSPEITO EM SP

Compartilhe com os amigos:

O secretário-executivo do Ministério das Comunicações, Fábio Wajngarten, reagiu a uma tentativa de assalto e deteve o suspeito na região dos Jardins, área nobre da capital paulista, nesta quinta-feira (06). De acordo a polícia, o criminoso abordou o político em via pública e tentou roubar um relógio.

O homem foi identificado como Otílio Feitoza, de 30 anos, que fingiu estar armado ao anunciar o assalto. O secretário reagiu, apontando uma arma em direção ao criminoso e dando voz de prisão. No entanto, o assaltante fugiu do local, mas acabou sendo detido após receber uma rasteira de uma pessoa que estava passando pela rua no momento da perseguição.

Conforme o artigo 301 do Código de Processo Penal (CPP), todo cidadão que constatar um delito pode anunciar a prisão de uma pessoa. Recentemente, um decreto do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), ampliou o acesso ao porte de armas a oficiais de justiça, políticos, caminhoneiros e a outro conjunto de profissões. Segundo a delegada Zuleika Gonzalez Araújo, que registrou a ocorrência, Wajngarten é advogado e tem direito.

O assaltante, que já tinha passagens pela polícia por roubo e porte ilegal de armas, foi preso e autuado por roubo tentado no 78º Distrito Policial dos Jardins.