Aprovação de Bolsonaro continua forte e resiste ao assédio do Eixo do Mal

Compartilhe com os amigos:

Pesquisa DataPoder360 mostra que o governo do presidente Jair Bolsonaro tem 41% de aprovação e 49% de desaprovação.

Os números se mantiveram estáveis desde o último levantamento, divulgado há 15 dias.

O estudo foi realizado no início desta semana, dos dias 22 a 24 de junho. Ou seja, depois da prisão de Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro. Queiroz foi encontrado na casa de Frederick Wassef, então advogado do senador e de Bolsonaro na 5ª feira da semana passada. Wassef nega que o presidente e seu filho mais velho tinham conhecimento de que o ex-assessor estava em seu imóvel.

O levantamento revela que o episódio não abalou as taxas de aprovação e desaprovação do governo.

Bolsonaro tem mantido atitudes e declarações mais reservadas e cuidadosas de uma semana para cá, em grande parte devido a articulações políticas que desenvolve com parlamentares, visando atrair o apoio de parlamentares do chamado Centrão, com o que deseja aumentar sua base de apoio no Congresso.