Apresentador da RecordTV foi espancado com pedaço de pau e abandonado com as mãos amarradas

Compartilhe com os amigos:

Romano dos Anjos, jornalista da Record que estava sequestrado, foi encontrado com as mãos amarradas e os olhos vendados. Informações apresentadas pela polícia militar apontam que bandidos armados e encapuzados invadiram a residência do apresentador da TV Imperial, afiliada da Record em Roraima, por volta das 20h40 da última segunda-feira (26), no bairro Aeroporto, zona Oeste, e o levaram.

Romano foi achado pelos policiais na região do Bom Intento, zona Rural de Boa Vista, na manhã desta terça-feira (27). Ferido, ele foi levado ao pronto-socorro do Hospital Geral de Roraima (HGR). A informação foi divulgada pelo Secretário de Segurança Pública, Edison Prola.

Para os médicos, Romano dos Anjos disse ter sido agredido por pedaços de pau. Segundo o coronel Miramilton de Souza, subcomandante da Polícia Militar de Roraima, o apresentador estava atordoado no momento em que foi encontrado. Um dos braços apresentava ferimentos, motivo pelo qual foi conduzido ao hospital para os primeiros socorros.

O automóvel de Romano dos Anjos foi encontrado carbonizado próximo à divisa com a Venezuela. O aparelho celular da vítima também foi levado, tendo sido abandonado em um terreno baldio. Embora não tenha sido destruído, todos os dados foram deletados pelos criminosos.

As suspeitas da Polícia Civil são de que facções criminosas tenham sido responsáveis pelo sequestro do apresentador. Ele comanda um programa de jornalismo policial, e ao longo dos últimos dias vinha relatando desvios de dinheiro público que deveriam ser utilizados para o combate contra a pandemia do coronavírus na região de Roraima, o que pode dar contornos de crime político.