Após festa familiar com infectados pelo coronavírus, 900 pessoas são colocadas em quarentena

Compartilhe com os amigos:

O cenário de pandemia do coronavírus segue assolando a população mundial, e os números continuam altos. Em Bielefeld, na Alemanha, uma escola adotou quarentena total para 900 pessoas entre professores e estudantes. A postura foi adotada após vários estudantes testarem positivo para a doença em uma festa familiar.

As autoridades receberam a notificação que 36 casos de infectados foram confirmados com ligação à celebração. Destes, dez são alunos da escola.

A festa foi realizada na última semana em um espaço privado. Segundo a prefeitura de Bielefeld, os casos positivos para a doença se intensificaram nos últimos dias. Em reportagem, a Radio Bielefeld alertou que o número de afetados pode aumentar, uma vez que ainda não foi possível identificar todas as pessoas que tiveram contato direto com os infectados.

Em Hamm, a celebração de um casamento também gerou um surto expressivo de contaminados pelo coronavírus, onde centenas de convidados estiveram presentes.

Já em Hünxe, a polícia foi acionada e interrompeu uma festa de aniversário que contava com cerca de 100 convidados, descumprindo assim todos os protocolos de segurança estabelecidos. Um dos convidados chegou a ser preso por desobediência.

Nova onda

De acordo com informações do Instituo Robert Koch (RKI), a Alemanha registrou 1.192 novos casos de infectados nas últimas 24 horas, cenário que liga novamente o alerta para um retorno da disseminação do vírus no país europeu.

Um dos epicentros iniciais da Covid-19 no Velho Continente, a Alemanha aparece com mais de 286 mil casos confirmados desde o começo da pandemia. O número de mortes é de 3,4 mil.