O que aconteceria com a morte de Silvio Santos?

Compartilhe com os amigos:

Silvio Santos, nome artístico de Senor Abravanel (Rio de Janeiro, 12 de dezembro de 1930), é um apresentador de televisão e empresário brasileiro. Possui mais de 60 anos de carreira.

Nasceu em Travessa Bemtevi, no bairro da Lapa, na região central da cidade do Rio de Janeiro,então capital do Brasil e sede do então Distrito Federal. É filho primogênito de um casal de imigrantes vindo em 1924 para o Brasil, Alberto Abravanel (1897–1976), um imigrante grego sefardita de Tessalônica, e Rebeca Caro, judia de Esmirna, parte do antigo Império Otomano.

Estreou na televisão em 1962, com o programa Vamos Brincar de Forca, transmitido pela TV Paulista. Posteriormente, a atração se tornaria o Programa Silvio Santos, que tornou-se um agrupamento de vários programas de auditório e quadros. Além de transformar Silvio Santos em um dos grandes ícones da televisão brasileira, o programa deu destaque ao locutor Lombardi, cujo rosto nunca era visto, ao produtor Roque, e a outros membros da equipe, como o animador Liminha.

Fundador do Sistema Brasileiro de Televisão (mais conhecido como SBT), é proprietário do conglomerado Grupo Silvio Santos, que, além do SBT, inclui empresas como a Liderança Capitalização (administradora da loteria Tele Sena), a Jequiti Cosméticos e a TV Alphaville. Seu patrimônio líquido foi estimado em 1,3 bilhão de dólares em 2013, sendo a única celebridade brasileira na lista de bilionários da revista Forbes. Em 2001, Silvio Santos foi homenageado pela escola de samba carioca GRES Tradição.

Vamos pensar em um cenário hipotético onde o animador e empresário Silvio Santos venha a falecer (Entendam que isso é uma reportagem , e não entendam de forma incorreta) , o que aconteceria com suas empresas , e principalmente com a menina dos olhos do apresentador : o SBT.

Vamos listar algumas prováveis mudanças (levando em conta que , hoje é o empresário que controla a programação da sua emissora) que seriam impostas pela nova administração , que certamente ficará a cargo de sua filha Rebeca Abravanel:

  • Extinção da programação infantil : Silvio Santos diz que sempre manterá no ar a programação para crianças , porém a mesma não traz nenhum lucro para a emissora… visto que a vigente legislação impede que sejam veiculadas propagandas direcionada às crianças. Logo , esta programação certamente seria extinta pela nova administração;
  • O fim do Programa Silvio Santos : iniciado em 1962 , o programa é o mais longevo da TV brasileira , e um dos mais longos do mundo. Seria o fim de uma era recheada de bom entretenimento;
  • O fim das novelas mexicanas no Brasil : Silvio é o maior (e único) defensor de exibir novelas mexicanas no Brasil. Assim como a programação infantil , elas dão baixíssimo (ou nenhum) retorno financeiro. Logo , seriam facilmente limadas da programação;
  • Estabilidade na programação : Silvio adora brincar de troca-troca com os horários dos programas de sua emissora. Tira de ar , colocar no ar , muda de horário… é um “samba do criolo doido” que desagrada à produção do canal e suas afiliadas. Uma nova administração sem dúvida manteria a programação mais estável.
  • Fim dos programas popularescos : Silvio vira e mexe tem ideias ousada e extremamente populares (diga se “de gosto duvidoso”). Um dos exemplos são os programas “Alarma TV” e  “Notícias Impactantes” que são um verdadeiro “trash” na tv. Uma administração moderna jamais apostaria em tais formatos;

Enfim , amamos o Silvio Santos e esperamos que ele viva por muito tempo.. Afinal seu carisma, simpatia e profissionalismo são únicos na tv!